O que é doença nas válvulas cardíacas?

Complicação de alguma doença, o que distorce ou destrói as válvulas do coração.

Pode afetar as quatro válvulas do coração, mas é muito mais comum na câmara esquerda (mitral e aórtica) do que a direita (tricúspide e pulmonar).

Idade: pode afetar qualquer idade.

Causas:

O coração tem 4 válvulas. As válvulas mitral e tricúspide (válvulas principais) controlam o fluxo de sangue entre os átrios, os receptores de sangue, e os ventrículos.

Pulmonar e aórtica impedem que o sangue do coração entre novamente depois de conduzir por ventrículos.

O estado das válvulas cardíacas podem consistir de estreitamento da válvula (estenose), que obstrui o fluxo sanguíneo, ou o alongamento ou cicatrização das trompas, o que permite que o sangue retorne (déficit).

Doença nas Válvulas Cardíacas

Esta doença pode ser hereditária ou causada por:

A febre reumática (uma complicação da faringite estreptocócica).

Aterosclerose.

Hipertensão.

Coração com defeitos congênitos.

Infecções de válvulas (endocardite), após uma infecção do sangue (auto-injeção de drogas acarreta um risco muito alto).

Sífilis (raro).

Sintomas:

Ausência de sintomas (às vezes), fadiga e fraqueza, tonturas ou desmaio, dor no peito, falta de ar, congestão pulmonar, anomalias do ritmo.

Fatores de risco:

Idade superior a 60 anos, histórico familiar de doença da válvula cardíaca, gravidez, fadiga ou excesso de trabalho, administração de drogas por via intravenosa.

Prevenção:

Procurar tratamento médico para as doenças que causam lesões nas válvulas cardíacas, como hipertensão, endocardite, e sífilis.

Tomar antibióticos para infecções e para prevenir a febre reumática.

Se você tiver um histórico familiar de doença cardíaca congênita, procure aconselhamento genético antes de ter filhos.

Diagnóstico e tratamento:

Diagnóstico: histórico e exame físico por um médico, exames de sangue, eletrocardiografia, técnicas de exposição estática e dinâmica, tais como:

ultra-som cardíaca, por vezes através do esôfago.

Cateterismo cardíaco.

Raio x do coração, dos pulmões e do fluxo sanguíneo (angiografia).

Tratamento:

O tratamento baseia-se em: tratamento médico, hospitalização ou a cirurgia aberta para substituir as válvulas defeituosas (por vezes).

Medicação:

Seu médico pode prescrever: antibióticos para tratar ou prevenir infecções das válvulas cardíacas.
Medicações antiarrítmicas para combater as irregularidades do ritmo cardíaco.
Medicação com digitálicos para reforçar ou estabilizar o ritmo cardíaco.
Diuréticos para reduzir a sobrecarga cardíaca.

Atividade: tudo o que você pode tolerar.
Em certas formas da doença valvular cardíaca são restrições desnecessárias.

Dieta: baixo teor em gordura e sal.

Informe o seu médico se ocorrerem sinais de infecção tais como: febre, calafrios, dores musculares, dor de cabeça, fadiga e indisposição.

Possíveis Complicações:

Infecção nas válvulas.

A insuficiência cardíaca congestiva (coração pode não suportar o estresse da lesão valvular).

Prognóstico:

Depende da doença primária. Muitas complicações da doença valvular podem ser controladas com medicação ou curada com cirurgia.

Denise Cipolli Terapeuta Holística

Denise Cipolli
Terapeuta Holística
Denise A. Ribeiro Cipolli possui mais de 5 anos de experiência em terapia holística e é formada pela UHB Universidade holística Do Brasil de Guaratinguetá desde 2012.