A drunkorexia é um transtorno alimentar que combina dois riscos para a saúde: anorexia e o alcoolismo. A denominação provém do termo inglês drunk (embriaguez) e do sufixo orexia (apetite).

Basicamente, a drunkorexia é não comer ou realizar ações purgatórias para compensar as calorias ingeridas pelo consumo de bebidas alcoólicas e assim evitar o ganho de peso causado pelo álcool. Esse transtorno ocorre principalmente em mulheres jovens, que justamente são as que mais se preocupam em emagrecer.

A pessoa que sofre de drunkorexia o que faz é não comer quando sabe que vai beber em excesso, ou tentar apaziguar a fome com álcool.

Por exemplo, uma lata de cerveja tem 110 calorias, um copo de vinho 80 calorias, e um coquetel, em geral, ultrapassa 200 calorias. Quem tem drunkorexia vai evitar comer o equivalente das calorias que pensa ingerir com as bebidas, sejam os alimentos de uma refeição, como os de todo o dia.

Drunkorexia: Alcoolismo e Anorexia

Sem dúvida, esta é uma tendência muito grave, especialmente no caso das mulheres, já que seu fígado é menos resistente ao álcool do que o dos homens.
Se uma mulher toma o mesmo que um homem, o seu sangue absorve 30% a 50% mais álcool; além disso, o coração é mais vulnerável.

O espaço de tempo entre as refeições ou evitar ingestões para compensar o álcool ingerido, apenas faz com que o estômago expulse violentamente o seu conteúdo. O corpo não se alimenta, mas perdem enormes quantidades de potássio e sais, necessárias para a correta oxigenação sanguínea.

A fome quando se combina com o álcool é o que gera náuseas, vários vômitos e involuntários, desmaios, risco cardíaco e inclusive a morte. Para piorar a situação, a drunkorexia, como a anorexia, bulimia ou vigorexia, tem severas consequências que vão desde a desnutrição grave até um dano hepático irreversível.

A drunkorexia é difícil de detectar, aqueles que sofrem geralmente se mantêm em um peso abaixo do saudável e costumam se esconder para beber grandes quantidades de álcool.

Sinais de Drunkorexia:

  • Caráter agressivo e grosseiro com a família e o meio ambiente.
  • Como aqueles que têm anorexia, evita as refeições em família ou afirma que já comeu.
  • Tosse pronunciada.
  • Queda de peso drástica e obsessão com o peso corporal.
  • Deterioração da pele, edema, desidratação e vermelhidão da pele.
  • Necessidade de consumir álcool para relaxar e se divertir.