A síndrome de Dubin-Johnson é uma doença hereditária autossômica recessiva pela qual se apresenta uma icterícia leve permanente.

É caracterizada pelo aumento da bilirrubina no soro que pode aumentar com estresse, infecções, gravidez ou contraceptivos orais.

Sintomas da Síndrome de Dubin-Johnson

Além de icterícia (coloração amarela da pele e dos olhos) costuma cursar com cansaço e desconforto abdominal inespecífico.

Leia também: "A Icterícia no Recém-Nascido: Sintomas e Tratamentos".

Diagnóstico Para Síndrome de Dubin-Johnson

O diagnóstico é feito quando se apresenta aumento da bilirrubina conjugada crônica e função hepática normal.

Síndrome de Dubin-Johnson: O Que É, Sintomas,  Diagnóstico e Tratamento

Confirma-se pelos achados característicos do teste BSF. Aos 45 min de administrar bsf a concentração plasmática de bsf é normal ou minimamente elevada. Aos 90 minutos, se observa em 90% dos pacientes um aumento da sua concentração por refluxo.

Também é possível realizar uma biópsia hepática (não é imprescindível, mas útil) e um estudo de coproporfirinas urinárias.

Tratamento Para Síndrome de Dubin-Johnson

O prognóstico é bom e a doença não requer tratamento.