As dietas rigorosas ou de choque são planos alimentares que são realizados por uma semana ou duas, mas não por ser de curta duração significa que não existem riscos e complicações.

Além de possíveis complicações de saúde, este tipo de dieta pode levar ao ganho de peso no futuro, uma vez que não funcionam em longo prazo nem ensinam a comer de uma forma saudável.

O metabolismo desacelera. A drástica redução na ingestão de alimentos é para o corpo um sinal que indica para reduzir a taxa metabólica, a fim de armazenar tudo o que puder para se manter estável.

Quando se faz uma dieta rigorosa, o corpo basicamente entra em modo “fome", garantindo reservas (gorduras) para quando não se ingere mais alimentos. Mas isso não é tudo, quando se termina a dieta de choque e se come normalmente, o corpo vai armazenar uma maior quantidade de energia caso volte a passar por um período de fome.

Por Que Dietas Rigorosas Podem Causar Ganho de Peso

É provável que depois se coma em excesso. As dietas de choque são tão restritivas que, uma vez concluídas, é tentador comer tudo que antes era proibido. A combinação de um maior armazenamento de gordura com uma compulsão é a chave para o desastre.

Perde-se grande quantidade de massa muscular. As principais limitações de calorias podem levar a perda de peso em água de forma temporária. Mas, em seguida, o corpo começa a tomar nutrientes dos músculos para garantir a energia que não está recebendo por outros meios.

A perda de massa muscular é algo muito ruim, já que uma vez terminada a dieta, não será recuperada. Ao ganhar peso depois de uma dieta radical, o mais provável é que seja em gordura, por isso você sempre estará em piores condições do que no início.

Queimam-se menos calorias durante o treinamento. Devido à diminuição da massa muscular, o treinamento custará muito mais, portanto a pessoa não será capaz de dar 100% na academia.

Existe uma falta de ácidos graxos. A maioria das dietas radicais é muito pobre em gordura, mas não discriminam entre as gorduras boas e ruins.

O corte de ácidos graxos pode prejudicar ainda mais o metabolismo, diminuindo a sua velocidade e fazendo com que seja menos eficiente quando se trata da queima de gorduras.