O câncer de ovário se desenvolve em um dos ovários, órgão reprodutivo do tamanho de uma amêndoa que está em cada lado do útero e que produz óvulos.

Ao ovular a mulher, um óvulo passa através da parede do ovário. Para reparar o buraco, as células do ovário se dividem e se reproduzem, e, como em todo câncer se a divisão celular ocorre sem controle, se forma um tumor.

O câncer de ovário é difícil de detectar porque não existem sintomas iniciais e, posteriormente, são vagos e semelhantes a doenças comuns.

90% dos casos ocorrem em mulheres com mais de 45 anos e é o quinto câncer mais comum com mais de 5.000 casos novos por ano. Seu risco é maior se um parente próximo teve câncer de ovário ou se tem o gene BRCA1 (que também influencia no risco de câncer de mama). Entre 5% e 10% dos cânceres de ovário se apresenta em mulheres com o gene; as mulheres sem o gene têm 1% de risco em sua vida.

Remédios Caseiros para o Câncer de Ovário

Em 70% dos casos, o câncer de ovário não é diagnosticado até que tenha se espalhado para outras partes do corpo. Nesta fase, a taxa de sobrevivência é de 29%. As mulheres tratadas antes que o câncer se espalhe têm 85% a 90% de probabilidade de cura.

Nas etapas posteriores, o médico sente um tumor durante o exame pélvico ou vê em um ultrassom e precisará de uma biópsia para saber se é canceroso.

Atualmente estão sendo feitos testes para encontrar um método de avaliação que mostra a presença de câncer de ovário em uma etapa mais precoce. Em Junho de 2003, os pesquisadores relataram a presença de um gene que pode impedir o crescimento de um tumor de ovário.

Os cientistas que investigam o câncer descobriram que este gene estava inativo em quase 90% dos tumores examinados, mas tem a esperança de chegar a desenvolver um medicamento que imite os efeitos deste gene supressor de tumores, presente em ovários saudáveis.

Os sintomas mais importantes apenas são detectados até que o tumor aumente e pressione órgãos próximos, que incluem:

  • Inflamação abdominal, dor, pressão.
  • Náusea.
  • Sangramento vaginal anormal.
  • Diarreia ou constipação persistente.
  • Perda ou ganho de peso inexplicável.
  • Sensação de estômago cheio depois de comer, inclusive pouco.

Entre os riscos de desenvolver câncer de ovário, mencionamos:

que você não pode controlar:

Idade. O risco aumenta com a idade. A média paciente com câncer de ovário é de 61 anos de idade.

Histórico familiar. Quase todos os casos ocorrem em mulheres sem história familiar da doença, mas se você tiver um parente próximo com câncer de ovário o risco triplica.

Histórico da doença. Se você tem câncer de mama é mais propensa a ter câncer de ovário.

Grupo étnico. Tem maior risco se você é da Europa Ocidental ou descendente de judeus e com um histórico familiar de câncer de mama.

  • O que você pode controlar:

Cirurgia prévia. Diminui o risco se você teve laqueadura ou histerectomia nos anos reprodutivos. A remoção dos ovários reduz o risco, mas não o elimina, pois o câncer pode se formar nas células que revestem a cavidade pélvica, onde estão os ovários.

Medicamentos. A terapia de reposição hormonal aumenta o risco de câncer de ovário em mulheres pós-menopáusicas.

Histórico reprodutivo. Qualquer coisa que impede uma mulher de ovular parece que a protege contra o câncer de ovário. Tomar pílulas anticoncepcionais durante os anos reprodutivos reduz o risco, porque o medicamento detém a ovulação. Uma mulher que toma a pílula durante dez anos reduz o risco em 70%. Cada vez que uma mulher tem um filho, seu risco é reduzido em 10%. Amamentar também protege.

Sob a supervisão de médicos oncologistas, é possível utilizar alguns dos seguintes remédios caseiros e naturais como complemento ao tratamento convencional desse tipo de câncer.

Remédios Caseiros para Câncer no Ovário:

  • Despeje 1 colher de chá de visco em uma xícara de água que está fervendo. Cubra e deixe esfriar. Coe e tome uma xícara diária. Este remédio ajuda para que o tumor não volte a se reproduzir, uma vez finalizado o tratamento.
  • Despeje 1 colher de sopa de ginseng siberiano em uma xícara de água e deixe ferver por 5 minutos. Tampe, deixe em repouso e tome 3 xícaras por dia durante um mês, em seguida, descanse um mês e volte a tomar por outro mês. Este remédio fortalece o sistema imunológico.
  • Ferva 5 gramas de chá verde em uma xícara de água durante 5 minutos. Consuma três xícaras por dia. Este remédio previne o aparecimento de cânceres como o de ovário.
  • Tome uma xícara de infusão de hypericum em dias alternados (um dia sim e outro não), já que ajuda a impedir a disseminação das células cancerosas.

Pode te interessar: “Câncer de Ovário Saiba Reconhecer os Sintomas”.

  • Usar flores de Bach como chicória, olmo, salgueiro, azevinho, remédio de urgência ou leite de galinha para melhorar o contexto emocional.
  • Consuma 6.000 mg de cogumelo maitake ou shitake dividido em três doses diárias. Este fungo, de acordo com investigações, inibe o crescimento das células cancerosas.

Leia também: “Florais de Bach Para Aliviar a Dor Cervical”.

  • Consuma 1 colher de sopa de óleo de linhaça por dia.
  • Decore os pratos com especiarias como cúrcuma ou gengibre, já que contêm antioxidantes que combatem as células cancerosas.

Recomendações:

Tenha cuidado se você sente um cansaço constante e extremo. É um dos primeiros sintomas que indicam que existe um tumor e conforme avança a doença o esgotamento é maior.

Deixar o tabaco. Além de danificar os pulmões, favorece a formação de tumores. De acordo com vários estudos realizados, os fumantes habituais são mais propensos a sofrer de diferentes tipos de câncer, e, no caso das mulheres, o de ovário.

Consuma suplementos que podem ajudar a complementar o tratamento médico, embora em nenhum caso devam ser administrados sem consulta médica prévia:

  • Vitamina C com flavonoides: ajuda a reduzir os efeitos nocivos da quimioterapia.
  • Vitamina E: atua como fator preventivo na formação de tumores.
  • Coenzima Q10: 60 mg por dia.
  • Resveratrol: consumir 700 mg de resveratrol por dia, dividido em três doses. Este possui virtudes antioxidantes e anticancerígenas.
  • Selênio: atua como fator preventivo, enquanto reduz os efeitos adversos da quimioterapia. A dose é de 300 mg diários.

Visitar o médico. Como os tumores de ovário costumam ser detectados durante o exame pélvico, é conveniente fazer um exame de esfregaço cervical. Se você tem uma história familiar de câncer de mama ou de ovário, pergunte ao seu médico se deve fazer o exame de sangue CA125 para detectar câncer. Este exame detecta uma proteína produzida além destas pelas células cancerosas. Embora não seja infalível, é um indicador precoce de câncer.

• Da mesma forma, se você tem risco de câncer de ovário, pergunte ao seu médico sobre os riscos associados com a terapia de reposição hormonal.

Atenção, as sugestões encontradas nesse artigo não possuem base científica comprovada, sendo assim não devem ser substituídas, em hipótese alguma, por um tratamento médico convencional e/ou ao seguir essas sugestões, os sintomas ou condições a que esse artigo se propõem ajudar podem se agravar.

Denise Cipolli Terapeuta Holística

Denise Cipolli
Terapeuta Holística
Denise A. Ribeiro Cipolli possui mais de 5 anos de experiência em terapia holística e é formada pela UHB Universidade holística Do Brasil de Guaratinguetá desde 2012.