A rápida propagação do contágio do vírus Zika está forçando os países da América Latina a ter cautela na sua população, em especial às mulheres grávidas. A Organização Mundial de Saúde (OMS) adverte que o risco em mulheres grávidas está relacionado ao nascimento de bebês com microcefalia.

Se você está grávida, siga estas 10 recomendações de saúde para combater o contágio pelo vírus do Zika:

1. Evite usar perfume. Os aromas florais e frutados tendem a atrair os mosquitos. Opte por usar produtos com aromas que ajudem a repelir os mosquitos, como lavanda, capim-limão, menta ou cravo.

2. Certifique-se de que não haja água em recipiente como vasos, buracos de terra e baldes; poderiam se converter em um criadouro para os mosquitos.

Grávida? Dez Coisas que Você pode Fazer para se Proteger do Vírus Zika

3. Em sua casa coloque varas de incenso, velas aromáticas e óleos essenciais que afugentem os mosquitos.

4. Recorra ao uso de repelentes para bebês ou naturais e aplique-os várias vezes por dia.

5. Coloque um mosquiteiro em sua cama e cubra as janelas e portas da sua casa com malhas especiais.

Leia também: "Remédios Caseiros para o Vírus Zika".

6. As cores escuras tendem a atrair os mosquitos. Opte por usar roupas de cor clara, que cubra a maior parte possível do seu corpo e seja folgada, já que os mosquitos podem te picar através de roupas apertadas.

7. Mantenha bons hábitos de higiene, como lavar as mãos com frequência e não compartilhar escova de dente, utensílios para comer ou copos.

8. Se você usa inseticidas elétricos ou em aerossol, certifique-se de permitir que se dispersem por alguns minutos antes de entrar no quarto.

9. Use preservativos para prevenir o contágio através do contato sexual.

10. Evite viajar para áreas de contágio pelo vírus do Zika, especialmente durante o primeiro trimestre da sua gravidez.